RTV BRASIL seu guia de notícias online

Bahia gera 7.192 empregos de carteira assinada em abril.

Bahia gera 7.192 empregos de carteira assinada em abril.


Bahia gera 7.192 empregos de carteira assinada em abril.

Em abril, a Bahia contabilizou um saldo positivo de 7.192 postos de trabalho com carteira assinada. Este dado foi baseado na pesquisa do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), sistematizada pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), a partir da diferença entre o total de 47.143 admissões e 39.951 desligamentos.

O resultado representa uma forte recuperação na geração de empregos do estado, uma vez que em igual período do ano anterior o saldo foi negativo (-3.022 postos), assim como em março de 2017 (-2.920 postos). Trata-se de primeira ocorrência positiva após 24 meses de saldos negativos, com as declarações fora do prazo.

Segundo o diretor de Pesquisas da SEI, Armando Castro, o resultado coloca a Bahia como o terceiro estado que mais gerou emprego no Brasil no mês de abril. “Isso é consequência, principalmente, de um ambiente favorável. Não coincidentemente, estados com péssima situação fiscal e baixo investimento público estão nas últimas colocações em geração de emprego. A Bahia, ao contrário, mantém boa saúde financeira e importantes investimentos públicos. Esses investimentos terminam tendo impacto por toda economia local”, analisa o diretor.

Setorialmente, em abril, cinco segmentos contabilizaram saldos positivos: agropecuária (+3.749 postos), serviços (+2.330 postos), indústria de transformação (+1.139 postos), administração pública (+472 postos) e serviços industriais de utilidade pública (+159 postos). Por outro lado, três setores desligaram trabalhadores celetistas: construção civil (-503 postos), extrativa mineral (-101 postos) e comércio (-53 postos).

No acumulado dos últimos quatro meses, cinco setores de atividade registraram saldos positivos. Entre eles, o maior saldo foi o de agropecuária, extrativa vegetal, caça e pesca (+5.059 postos), administração pública (+2.514 postos), indústria de transformação (+2.199 postos), serviços industriais de utilidade pública (+1.554 postos) e serviços (+171 postos). Em contrapartida, comércio (-4.863 postos), construção civil (-4.257 postos) e extrativa mineral (-222 postos) apresentaram saldos negativos.

 

RTVBRasil por SECOM.


Comentários:

Mais Posts RElacionados

Últimas # Notícias

© 2017 - Copyrights RTV BRASIL. Todos os direitos reservados