RTV BRASIL seu guia de notícias online

Temer pede suspeição de Janot. Fachin não dará.

Temer pede suspeição de Janot. Fachin não dará.


Temer pede suspeição de Janot. Fachin não dará.

O jogo de pressões e ameaças continua. 

Depois de Gilmar Mendes ter babujado que Rodrigo Janot é “o mais desqualificado” dos procuradores que passaram pela chefia da Procuradoria Geral de Justiça, Michel Temer ajuizou, no Supremo Tribunal Federal, um pedido para que o procurador  geral ” esteja impedido de atuar” no inquérito que apura a mala de dinheiro recebida da JBS por Rodrigo Rocha Loures, “devendo ser substituído, extraordinariamente, pelo seu substituto legal, isento e insuspeito”.

Na petição, o advogado de Temer diz que Janot ” denota um inusitado empenho pessoal no ato de acusar, que beira o sentimento de inimizade nutrido contra o Presidente”, que fez acusações levianas e que mentiu ao afirmar que o procurador  Marcelo Miller, que deixou o cargo para trabalhar como advogado da JBS não participou de encontros na PGR onde se tenha discutido o caso da empresa.

Fachin, claro, vai despachar a petição para que Janot se pronuncie e é esperado que este suba o tom, enquanto ainda tem bambu e flecha, isto é, até meados de setembro, quando deixa o cargo.

Tudo isso é célere, porque pedido com base no artigo 104 do Código de Processo Penal,  que estabelece prazos curtíssimos.

Art. 104. Se for argüida a suspeição do órgão do Ministério Público, o juiz, depois de ouvi-lo, decidirá, sem recurso, podendo antes admitir a produção de provas no prazo de três dias.

Portanto, o provável é que Luiz Edson Fachin, a quem o inquérito está afeto, negue e não haja qualquer efeito prático, até porque Janot está mesmo de saída.

A finalidade do recurso é, portanto, meramente política e cria um clima péssimo para Raquel Dodge em sua chegada ao cargo de Procuradora Geral. Porque, apresentada a segunda denúncia contra Temer, como se espera, caberá a ela cuidar de sua continuidade.

E, mesmo que tenha razões jurídicas para não levar adiante a peça acusatória, ficará numa saia justíssima, diante da categoria e da opinião pública, sob suspeita de estar agindo a mando de Temer.

 

RTVBrasil com informa~c"oes do Yahoo.


Comentários:

Mais Posts RElacionados

Últimas # Notícias

© 2017 - Copyrights RTV BRASIL. Todos os direitos reservados