RTV BRASIL seu guia de notícias online

Curiosidades sobre a Lapela do Noivo!

Curiosidades sobre a Lapela do Noivo!

Quando falamos de lapela só conseguimos pensar em: detalhes. Uma única flor perfeita, ou algumas florezinhas pequenas, um tom certo de fita de seda que combine com o restante do casamento, a flor ligada perfeitamente a uma pérola, laços super bem feitos, precisão! A chave para a perfeição da lapela, muitas vezes, é combinar com o buquê da noiva e com o restante do casamento.

Existe uma tradição francesa super fofa chamada billets-doux. Surgiu em 1673 e significa, literalmente, bilhetinho doce. É uma maneira bem fofa da noiva declarar seu amor e surpreender o noivo. O billets-doux é um bilhetinho que a noiva escreve à mão e entrega para a florista prender junto à lapela. Assim o noivo vai saber que a noiva está pensando nele o tempo todo! Imagina só que emocionante? Que tal fazer você também?

A flor de lapela, sinal de romantismo e elegância, surgiu durante o noivado do príncipe Albert com a Rainha Vitória no século XIX. Tendo um dia ele recebido de sua noiva um pequeno ramalhete de suas flores preferidas e não sabendo onde colocá-lo, tomou um canivete e abriu um pequeno corte na lapela de seu paletó, neste corte, ele introduziu o delicado ramalhete para lembrar de sua amada cada vez que sentisse o aroma das flores.

Desta forma surgiu a casa na lapela do paletó, que passou a ser indicada pelos alfaiates da época, e desde então tornou-se uma refinada tradição os noivos no dia do casamento usarem uma flor na lapela, por ser elegante e por simbolizar todo o romantismo do momento.

A flor na lapela, também chamada de boutonnière, é uma tradição que surgiu para diferenciar noivos, padrinhos, pais dos noivos do restante dos convidados.  Os pajens, os avos e todos os homens que participam do cortejo também podem usar. Para alguns, esse pode ser um mero detalhe, mas, é uma maneira de os noivos darem um toque de estilo ao visual.

A flor é colocada na lapela – daí vem o nome – do lado esquerdo do traje, independente se a vestimenta for um fraque, meio fraque ou terno.


Comentários:

© 2017 - Copyrights RTV BRASIL. Todos os direitos reservados