RTV BRASIL seu guia de notícias online

saquias leva mais dois ouros, um ao lado de Erlon, e Brasil conquista Sul-Americano

saquias leva mais dois ouros, um ao lado de Erlon, e Brasil conquista Sul-Americano


saquias leva mais dois ouros, um ao lado de Erlon, e Brasil conquista Sul-Americano

Dono de três medalhas olímpicas nas Olimpíadas do Rio 2016, o canoísta Isaquias Queiroz mostrou que não vai deixar seu ritmo intenso cair na temporada 2017. Ele foi campeão de ponta a ponta no Campeonato Sul-Americano de Canoagem Velocidade, disputado em Paipa, na Colômbia. Neste domingo, entrou nas águas colombianas para fazer suas duas últimass provas. Primeiro, no C1 200m, fez o tempo de 39s56 e derrotou Alejandro Rodriguez, da Colômbia, com 40s40,e Michael Garcia, do Chile, com 40s70.

Depois, com Erlon de Souza, seu parceiro na Rio 2016, ganhou o C2 200m com o tempo de 36s03, derrotando Jonathan Andres Galvis Fernandez e Sergio Johan David Diaz, da Colômbia, que fizeram 38s81. Andres Felipe Lazo Arana e Daniel Leon, do Equador, acabaram com a medalha de bronze ao fazer 39s83. Assim, levando em consideração também medalhas da paracanoagem, cuja disputa terminou neste sábado, o Brasil encerrou em primeiro na colocação geral da competição. Ao todo, foram 54 medalhas, sendo 32 de ouro, 14 de prata e oito de bronze. A Argentina ficou em segundo lugar, e a Colômbia completou o pódio, em terceiro.

Equipe de canoagem do Brasil comemora a vitória na Colômbia (Foto: Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa))

Equipe de canoagem do Brasil comemora a vitória na Colômbia (Foto: Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa))

A exemplo de Isaquias Queiroz, Valdenice Conceição venceu no C1 200m entre as mulheres. Ela fez 46s84, batendo a chilena Karen Roco, com 48s21, e a equatoriana Angye Avegno, com 49s34. No K1 200m, Edson Isaias Freitas da Silva ficou em segundo lugar com 34s89, atrás de Cesar de Cesare, do Equador, com 34s84. O terceiro colocado foi Sebastian Romero, do Uruguai, com 36s81. No C2 200m feminino, Angela Aparecida Elias da Silva e Andrea Santos de Oliveira colocaram o Brasil no topo do pódio com 43s78. O Chile ficou em segundo com 45s09, e o Equador foi terceiro com 45s40.

 

No K2 200m, Edson Isaias voltou à água, desta vez ao lado de Roberto Maehler. A dupla terminou em segundo lugar, com 32s99, atrás dos argentinos Joaquin Malaval e Miguel Abraham Saavedra Dietz, com 32s56. Em terceiro ficaram Miguel Valencia e Fernando Nicolas, do Chile, com a marca de 33s81. No K4 200m, o Brasil ficou em segundo lugar com Roberto Maehler, Vagner Junior Souta, Celso Dias de Oliveira (30s12). Nessa prova, deu Argentina (29s79). O Uruguai ficou em terceiro lugar (31s09).


Comentários:

Mais posts RElacionados

Últimas # Notícias

© 2017 - Copyrights RTV BRASIL. Todos os direitos reservados