RTV BRASIL seu guia de notícias online

Timão supera Chape no fim e alcança maior vantagem do ano.

Timão supera Chape no fim e alcança maior vantagem do ano.


Timão supera Chape no fim e alcança maior vantagem do ano.

Em jogo adiado da 20ª rodada do Brasileirão, o Corinthians criou pouco, mas conseguiu a vitória por 1 a 0 diante da Chapecoense com um gol marcado por Jô aos 44 minutos do segundo tempo, após passe de Romero em profundidade. Depois de uma partida pouco brilhante por parte das duas equipes, foi a persistência do melhor nome do Timão no Campeonato Brasileiro que garantiu mais três pontos e a imposição da maior vantagem até aqui na competição: dez pontos a mais que o Grêmio (50 a 40).

O primeiro tempo foi de muitos erros na Arena Condá. Enquanto a Chapecoense só levou perigo com Penilla e Wellington Paulista pelos lados, o Corinthians fez seu jogo de segurança, com toques no campo de defesa, paciência para criar espaços e atuação consistente dos zagueiros, mesmo com três titulares da defesa como desfalques. Nada diferente do habitual, exceção feita ao excessivo número de passes errados na hora da construção. Na melhor jogada, foi uma mão que atrapalhou.

Aos 30 minutos, Jô chegou à linha de fundo e fez o cruzamento na área, em um dos poucos lances de profundidade do Timão. Rodriguinho passou por Reinaldo, mas a bola bateu em sua mão no momento do domínio, o que fez a arbitragem anular o lance que seria o gol do Corinthians. Discussões à parte, o time do técnico Fábio Carille a partir dali mais correu atrás da Chape do que o contrário.

Com boa marcação (e contando com os erros do Timão), o time se arriscou ao ataque ainda no primeiro tempo. O melhor lance foi aos 37, quando Wellington Paulista cruzou pela direita e Túlio de Melo foi mais eficiente na disputa com Léo Santos para fazer o cabeceio. A bola saiu à direita de Cássio, mas mostrou que a chave do jogo da Chapecoense eram os lados do campo.

A lógica não mudou muito na sequência da partida. Apodi teve chance em chute cruzado, Grolli cabeceou sem força após cruzamento de Penilla, Rodriguinho criou espaço em chute da entrada da área e Clayson foi acionado para mudar a história do jogo e até teve oportunidade ao vencer Jandrei em disputa individual, mas decidiu errado na hora do passe.

Mais perto do apito final, cada time se deu ao direito de perder uma chance clara: primeiro o Corinthians, após cruzamento de Jô e chute errado de Romero frente a frente a Jandrei, e depois a Chapecoense, que atacou pela esquerda e viu Léo Santos salvar em cima da linha após chute de Túlio de Melo. Quando parecia que ia ficar por aí, o responsável pelos passes a Rodriguinho e Romero recebeu em profundidade do paraguaio, errou o domínio e mesmo assim conseguiu concluir, aos 44 minutos do segundo tempo. Vitória por 1 a 0 na Arena Condá definida. O Corinthians é muito líder!

Para seguir a caminhada, o Corinthians recebe o lanterna Atlético-GO no sábado. A Chapecoense, perto da zona de rebaixamento, visita o Avaí no dia seguinte.

Ficha técnica

CHAPECOENSE 0 X 1 CORINTHIANS

Local: Arena Condá, Chapecó (SC)

Data-Hora: 23/8/2017 - 19h30

Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior (PR)

Auxiliares: Bruno Boschilia (PR) e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR)

Público/renda: 15.831 pagantes/R$ 625.655,00

Cartões amarelos: Reinaldo (CHA), Romero, Moisés, Clayson e Jô (COR)

Cartões vermelhos: -

Gols: Jô (44'/2ºT) (0-1)

CHAPECOENSE: Jandrei; Apodi (Diego Renan, aos 41'/2ºT), Douglas Grolli, Fabrício Bruno e Reinaldo; Lucas Mineiro, Lucas Marques e Luiz Antônio (Nenén, aos 33'/2º); Penilla (Júlio César, aos 17'/2ºT), Wellington Paulista e Túlio de Melo. Técnico: Vinícius Eutrópio.

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Léo Santos, Pedro Henrique e Moisés; Gabriel (Camacho, aos 33'/2º) e Maycon; Marquinhos Gabriel (Clayson, aos 24'/2ºT), Rodriguinho (Paulo Roberto, aos 46'/2ºT) e Romero; Jô. Técnico: Fábio Carille.

 

RTVBrasil com informações do Yahoo.


Comentários:

Mais posts RElacionados

Últimas # Notícias

© 2017 - Copyrights RTV BRASIL. Todos os direitos reservados